Receita da Massa de Biscuit
Material
  • 2 xícaras de chá de Maizena
  • 2 xícaras de chá de cola Cascorez Extra (rótulo azul) ou cola Cascorez Porcelana Fria
  • 1 colher de sopa de suco de limão (age como conservante)
  • 2 colheres de sopa de vaselina líquida
  • 1 colher de sopa de creme para mãos (não gorduroso)
  • Tigela de vidro (para microondas) ou panela com revestimento anti-aderente (para fogão)
  • Colher de pau

Sobre a cola
A cola, um dos principais ingredientes da receita, deve necessariamente ser Cascorez Extra, a do rótulo azul, ou Cascorez Porcelana Fria, lançada recentemente especialmente para a confecção da massa de biscuit. Outras marcas de cola não proporcionam uma boa consistência à massa. Saiba mais sobre Cascorez Extra e outros produtos acessando o site de seu fabricante, a Alba Química ou envie um e.mail para sac@albaquimica.com.br.

Sobre o limão
Algumas receitas de massa para biscuit recomendam o uso do formol como conservante. Este produto, além de ser de difícil aquisição, comprovadamente causa danos à pele e à saúde. Nossa receita o substitue pelo limão, fácil de ser encontrado e inócuo à saúde, possui o mesmo poder de conservar a massa após os trabalhos prontos.

Sobre o creme para mãos
Usado somente no momento de sovar a massa e apenas 1 colher de sopa. Deve necessariamente ser não gorduroso, pois o creme com gordura deixa a massa esfarelada. As marcas mais utilizadas são Bella Bel, Yamá, Magilena e Searly, encontradas facilmente em lojas de cosméticos, farmácias ou supermercados.


Modo de fazer

Misture todos os ingredientes na tigela, com exceção do creme para mãos não gorduroso. Mexa bem até dissolver completamente a Maizena.

Coloque a tigela no microondas e ligue-o durante 3 minutos em potência máxima. Abra o forno a cada minuto e mexa a massa com a colher de pau, para que cozinhe toda por igual. Variações na rede elétrica, diferenças no tamanho da xícara usada como medida e os diferentes modelos de fornos de microondas podem alterar o tempo de cozimento da massa. Por isso é essencial que você observe-a minuto a minuto. Se necessário, deixe-a por mais um ou dois minutos no microondas, até que esteja cozida por igual, sempre mexendo a cada minuto passado.



Assim que a massa estiver cozida, espalhe o creme para mãos não gorduroso (apenas 1 colher de sopa, como indica a receita) sobre uma superfície de pedra ou de mármore, e despeje a massa, ainda quente. Quanto mais quente a massa estiver ao ser sovada, melhor o resultado.

Sove a massa por vários minutos seguidos. Na verdade, quanto mais você sovar, melhor ela ficará para trabalhar.



Quando a massa estiver bem sovada, faça um rolo, evitando assim a formação de bolhas de ar.

Coloque a massa num saquinho plástico bem fechado ou envolva-a em filme plástico de cozinha, para evitar que resseque.




Como preparar a massa no fogão

Misture bem todos os ingredientes (com exceção do creme para mãos não gorduroso) na panela com revestimento anti-aderente e leve ao fogo brando, mexendo sem parar com a colher de pau, até que a massa forme uma bola e se solte do fundo e das laterais. Tome cuidado para evitar que as sobras que costumam ficar na borda da panela não se incorporem à massa. Depois de pronta, espalhe o creme de mãos sobre um tampo de mármore ou de outra pedra e sove-a por vários minutos, ainda quente. Acondicione-a num saquinho plástico bem fechado, para não ressecar, ou envolva-a em filme plástico para cozinha.



Para tingir

Com cores fortes de tinta a óleo
Faça um rolinho de massa com as mãos e adicione um pouquinho de tinta a óleo na cor desejada. Manuseie bem a massa até que fique colorida por igual. Se necessário, acrescente mais tinta, até alcançar a tonalidade desejada.
Tonalidades pastel
Utilize uma pequena quantidade de tinta a óleo ou tinta para tecido na cor desejada e adicione tinta a óleo na cor branco de titânio para suavizar a tonalidade e evitar que o trabalho pronto fique transparente. Manuseie bem, até que a massa fique colorida por igual.

O vermelho
Para obter massa vermelha, nós indicamos o uso de corante universal, vendido em bisnagas em todas as lojas de tintas do País. As marcas mais apropriadas para o tingimento da massa de biscuit são Xadrez, Globo e Suvinil. A tinta a óleo vermelha tem um pigmento que modifica a consistência da massa, prejudicando o resultado do trabalho. Para tingir a massa com corante, adicione uma pequena quantidade e manuseie até que fique colorida de forma homogênea. Se necessário, acrescente mais algumas gotas de corante até obter o tom de vermelho desejado.




Ferramentas importantes

O Cilindro
Tem a propriedade de "esticar" grandes quantidades de massa por igual, de modo que fique da mesma espessura. Esta espessura é regulável e ele é operado sem qualquer dificuldade. Basta achatar a quantidade de massa desejada e passá-la entre os rolos. Para pequenas quantidades de massa pode ser substituído por um caninho de PVC.


A Máquina Extrusora (exclusividade Anna Modugno)
Antes de utilizar o aparelho, passe um pouco de vaselina líquida no interior do tubo e na rosca. Isto facilitará a limpeza posterior. Faça um rolinho de massa com as mãos e preencha o tubo em toda sua extensão, pressionando bem a massa para evitar a formação de bolhas de ar. Coloque o disco desejado na rosca, rosqueando-a até o fim. Então, gire a manivela num ritmo constante para produzir a tira de massa. Limpe a Extrusora assim que terminar de utilizá-la, removendo todos os resíduos de massa do tubo, da rosca e do disco. Uma dica: a massa utilizada na Extrusora deverá estar bem firme, para que não deforme ao sair em tiras.




Cortadores
São peças metálicas vazadas que cortam a massa após esta ter sido passada pelo cilindro. Permitem a padronização dos trabalhos e aumento da produtividade.


Moldes de Silicone
São os grandes responsáveis pelo sucesso do biscuit nos últimos anos. É só colocar a massa no interior de sua cavidade, pressionar bem e retirá-la para secagem. Com eles, ninguém precisa ser um grande artista ou ter grandes habilidades manuais para que os trabalhos fiquem perfeitos.




Dicas essenciais
  • O segredo de uma boa textura está em sovar a massa enquanto ainda estiver bem quente, utilizando apenas a quantidade de creme para mãos indicada na receita: 1 colher de sopa.
  • A massa só pode ser utilizada assim que estiver completamente fria.
  • Quando estiver trabalhando, mantenha toda a massa que não estiver sendo utilizada recoberta por um plástico ou por filme de cozinha, para que não resseque. Esta dica vale também para tiras, trançados e massa passada pelo cilindro que você não estiver utilizando naquele momento.
  • Deixe para tingir a massa na hora de usá-la. Evite guardar grandes quantidades já tingida.
  • Muito importante: se você trabalha com crianças, não deixe que coloquem a massa na boca e, muito menos, que engulam-na. A cola utilizada tem baixo grau de toxicidade mas, mesmo assim, não deve ser ingerida.


Dúvidas mais frequentes sobre a massa de biscuit

1. Qualquer cola branca pode ser utilizada na receita ?
Não, a cola que testamos e aprovamos é a cola Cascorez Extra rótulo azul da Alba Química (Brasil) e Glue-All da Elmer's (EUA).

2. Minha massa fica dura (ou mole) demais e difícil de trabalhar, por quê ?
A massa de biscuit quando passa do ponto além de endurecer, fica emborrachada. Quando não está no ponto, fica mole e pegajosa. Para que isso não aconteça, observe a partir do segundo minuto quanto tempo mais deverá ficar no forno. O ponto certo para começar a sovar é quando, ao se levantar a massa da tigela, ainda exista um pouco de cola no fundo, com a aparência de um creme. Retire tudo da tigela (inclusive este creme), coloque em uma superfície lisa untada com um pouco de creme para mãos não gorduroso e acrescente o restante (até completar uma colher de sopa) conforme for sovando. Ao terminar de sovar, a massa deverá estar macia. Embale-a em um saco plástico imediatamente.

3. Quando faço a massa de biscuit no fogão, ela fica cheia de grumos, por quê ?
Em primeiro lugar, misture muito bem todos os ingredientes (com exceção do creme para mãos), dissolvendo bem a maisena, antes de levar ao fogo. Ao cozinhar, cuidado para que as sobras que muitas vezes se alojam nas bordas da panela, não se incorporem à massa, causando assim esses grumos.

4. Eu posso acrescentar maisena na hora que estiver sovando a massa ?
Não se acrescenta nada ao sovar a massa de biscuit, com exceção de uma colher de sopa de creme para mãos não gorduroso. As peças quebradiças depois de secas devem-se justamente à adição de maisena crua à massa já cozida.

5. Posso usar um creme para mãos que contenha gordura ? Quais as marcas de creme indicadas ?
Não, o creme com gordura deixa a massa esfarelada. As marcas mais utilizadas são BELLA BEL, YAMÁ, MAGILENA e SEARLY.

6. Quando colocamos a massa de biscuit ainda quente no saco plástico este apresenta gotículas de água. O que devemos fazer ?
Devemos trocar o saco e enxugar a massa com pano limpo quantas vezes esse problema se apresentar.

7. Eu posso guardar a massa de biscuit na geladeira ?
A massa se conserva bem armazenada em sacos plásticos bem fechados, mas se na sua região o clima ou a temperatura estiver muito quente aconselha-se a colocar na geladeira.

8. Como devo proceder quando a massa pronta e embalada cria uma camada de bolor ?
A massa fica com uma camada de bolor quando é utilizada uma quantidade excessiva de creme. Para que isso não ocorra, coloque sempre a quantidade indicada de creme. Se o clima da sua região for muito quente, pode-se armazenar a massa na geladeira.

9. Quanto tempo dura a massa de biscuit ?
A massa bem embalada em saco plástico herméticamente fechado dura de 30 a 45 dias.

10. Quando a minha massa fica dura, eu posso reaproveitá-la ?
Você pode reaproveitar, juntando à essa massa uma outra mais macia que você fizer. Pode também embrulhá-la num pano de prato e colocá-la para receber vapor de uma panela com água, e assim ela voltará ao normal. Sove-a novamente, e embrulhe-a no saco plástico.

11. Quando estamos trabalhando com a massa de biscuit, qual a precaução que devemos ter para que ela não resseque ?
Devemos mantê-la sempre embalada em saco plástico e tirar da embalagem apenas a quantidade de massa a ser utilizada. Quando o trabalho necessita de grande quantidade de massa já esticada, devemos mantê-la sempre coberta com plástico para o ar não ressecá-la.

12. Por que quando faço modelagem, principalmente de bolinhas, a massa fica com rachaduras e não consigo uni-la uniformemente ?
Ao fazer modelagem, principalmente de bolinhas, devemos enrolar com a palma da mão, apertando e pressionando fortemente, para que fique uniforme e sem fendas.

13. Quando faço tiras com a extrusora, elas saem arrepiadas, por que isso acontece ?
A massa ao sair da extrusora fica arrepiada porque está com grumos por dentro. Geralmente isso acontece quando ela é feita no fogão. Para que isso não ocorra, a massa deverá ser bem sovada antes de ser colocada na extrusora. Ela deve estar bem trabalhada e lisa. Observe também se não há resíduos de massa seca dentro da extrusora.

14. Quais tintas podem ser utilizadas para tingir a massa ?
Pode-se usar tinta à óleo para tela, tinta para tecido (para obter cores claras) e corante para látex.

15. Qual é o verniz que pode ser aplicado para dar acabamento ao biscuit ?
Dependendo do trabalho feito, deixe a peça secar e aplique verniz geral, vitral, madrepérola ou goma laca.

16. Por que em trabalhos feitos com massa tingida, depois de secos, a cor escurece ?
Ao tingir a massa, procure deixar numa tonalidade abaixo da cor desejada, porque é normal escurecer depois do trabalho seco.

17. Por que quando tinjo a massa em tons claros, o trabalho fica transparente ?
Quando tingimos a massa com tons claros, devemos colocar um pouco de tinta a óleo branco de titânio (de acordo com a quantidade a ser tingida), porque o mesmo deixa a massa ficar leitosa e sem transparência.

18. Quanto tempo demora para secar uma peça de biscuit ?
A secagem depende do tamanho do trabalho, um imã de geladeira, por exemplo, demora em média 24 horas para secar por completo.

19. Por que o trabalho, ao secar, empena deixando a peça torta ?
Quando trabalhamos com peças lisas e grandes, devemos deixá-las secar com um peso em cima (lista telefônica por exemplo), para não deformar a peça. A massa de biscuit ao secar encolhe aproximadamente 20%.

20. Como acelerar o processo de secagem das peças em biscuit ?
O correto é que as peças sequem ao ar livre, pois deste modo elas secam por inteiro. Através de outros métodos, o trabalho seca superficialmente e o seu interior ainda fica úmido, correndo o risco do aparecimento de bolor. Secador de cabelos, ventilador ou secadora de roupas podem ser usados para acelerar o processo de trabalhos com espessura fina.